Folha lança aplicativo inédito que calcula nota do Enem após a prova

Por Sabine Righetti

Quem vai fazer o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) neste final de semana só ficará sabendo a sua nota oficial no ano que vem. Isso porque o MEC usa uma tecnologia específica –a chamada TRI– para compor as notas. Esse sistema atribui pesos diferentes para as questões, dependendo do grau de dificuldade delas.

Agora imagine se você pudesse conhecer a nota que você tirou na prova logo após o exame? Então veja isso: a Folha, em parceria com a empresa de tecnologia educacional TunEduc, está lançando o aplicativo Quero a Minha Nota!, que consegue calcular a nota que você tirou.

Baixe o aplicativo Quero a minha Nota! (Android)

O app se baseia nas respostas inseridas pelos usuários para fazer cálculos semelhantes aos da TRI, utilizada na elaboração e correção do Enem, e, assim, consegue estipular o valor de cada questão. As notas estarão disponíveis assim que o aplicativo atingir uma amostra mínima de cerca de 50 mil usuários. Quanto mais usuários no app, mais precisa será a sua nota!

Funciona assim: você baixa o aplicativo de graça e insere as suas respostas na cor correspondente à sua prova do Enem (cinza, azul, amarelo ou rosa). Uma vez inserida as respostas, não dá mais para mudar!

O Quero Minha Nota! confere o gabarito e ainda entrega uma estimativa bastante precisa da sua nota Enem, calculada de acordo com a dificuldade de cada questão e separada por área do conhecimento, como na devolutiva oficial.

EM QUAL UNIVERSIDADE VOU PASSAR?

Com a sua nota em mãos, é possível estimar em quais cursos e universidades federais que adotam o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) que você conseguiria entrar nesse ano, considerando as notas de corte do ano passado.

“Um dos momentos de maior angústia e ansiedade dos alunos acontece após prova, enquanto aguardam o MEC disponibilizar a nota. Foi daí que surgiu a ideia do app”, explica o economista e docente da USP Ricardo Madeira, sócio-fundador da TunEduc.

“Em posse de uma estimativa da sua nota Enem, o aluno poderá se planejar melhor para participar do Sisu, pois terá uma noção mais precisa de quais são suas chances reais de entrar nos cursos que deseja cursar.”

Nesse ano, o Enem acontece nos dias 24 e 25 de outubro. Mais de oito milhões de estudantes fizeram a inscrição para o exame, considerado o maior do mundo em número de participantes.